segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Viagem a Argentina e Chile: Conhecendo a Cordilheira dos Andes em 6 Pasos - 15° dia

Olá pessoal,

Depois de tomar nosso café e equipar a moto, seguimos para a "fila" da aduana. Nosso objetivo é conhecer o Paso de Agua Negra



Como já estávamos um tanto cansados em virtude dos últimos dias, conversamos e decidimos que pararíamos neste passo e voltaríamos para casa. Pensamos em chegar na fronteira e voltar. Conversamos com uma Gendarmerie que estava controlando a 'fila'. Foi bem gentil e disse que poderia autorizar até o controle de fronteira e nos deixou seguir direto.



Chegamos no controle de fronteira e o Gendarmerie, mesmo depois do Aires explicar que não tínhamos o interesse de retornar ao Chile e que a Gerdarmerie na aduana permitiu, disse que não ia permitir que passássemos: "No permito!".



Então, pensamos: Já que estamos aqui, vamos de uma vez!

Voltamos os 20 km até a aduna para fazer os trâmites. Fomos ao encontro da mesma policial que nos atendeu antes, explicamos, e ela nos encaminhou para a 'fila dos trâmites'. Ainda bem, pois se tivéssemos que ir para o final da fila na estrada... não íamos conseguir fazer o passo hoje.





Trâmites feitos... seguimos




Muitas obras no percurso, muitos desvios...








Projeto para a construção do Túnel Agra Negra




Os governos de Chile e Argentina, em 17/10/2016, iniciaram o processo de licitação internacional para a construção de um grande túnel através da Cordilheira dos Andes, um dos maiores projetos de integração binacional da América do Sul. Autoridades dos dois países realizaram, em uma cerimônia em Santiago, a convocação de pré-qualificação de empresas para o projeto e a construção da obra de cerca de US$ 1,5 bilhão, que unirá a região chilena de Coquimbo e a província argentina de San Juan. Autoridades chilenas têm estimado que a obra, que leva em conta os estudos de engenharia, expropriações territoriais e construção, pode estar concluída em um prazo de oito a dez anos.


O túnel Água Negra, que terá 14 quilômetros de extensão, deve se transformar em um corredor bioceânico central, já que também permitirá a conexão com Porto Alegre, uma das zonas mais industrializadas do Brasil. Entre as principais vantagens do túnel internacional é que ele será construído em uma altura inferior à da atual passagem fronteiriça da zona, o que garantirá seu funcionamento o ano inteiro, apesar das intensas nevascas do inverno austral, que muitas vezes impedem a passagem de veículos.


























Video: https://www.facebook.com/patricia.pilonetto/videos/1424784514208372/

Paso de Agua Negra...



O Paso International Agua Negra liga a 4° Região de Coquimbo (Chile) com a província de San Juan (Argentina), através da Ruta 41 no Chile e Rutas Nacionais 150 e 40 na Argentina. É uma passagem de fronteira muito pouco utilizada, com estrada de terra beirando penhascos que atravessa a Cordilheira dos Andes. As múltiplas cores das montanhas chama muito a atenção, com vários tons de laranja, verde, roxo e marrom. 

Devido à sua altitude, esta passagem fica aberta durante o verão e outono (de dezembro a abril). O resto do ano fica quase sempre fechada por causa da neve. 

É a passagem de fronteira mais alta entre Argentina e Chile, chegando a uma altitude de 4.780 metros sobre o nível do mar. A uma distância de 505 km, dos quais 365 km são pavimentadas e 140 km são de rípio.




Quinto Passo Fronteiriço Concluído!



Encontrei este "pedaço"de gelo... Aires foi lá conferir e carregou junto


Souvenir... para refrescar na viagem de volta! rsrsrsrs



Eu sou aquele pontinho preto...






Fantástico!!!





De volta à estrada...









Embalse La Laguna










Complexo Aduaneiro Aguas Negras


De início os trâmites correram bem... na saída o fiscal do Senasa revirou toda a nossa bagagem... TODA! Inclusive minha bolsa, só faltou mandar tirar a roupa. Aires tinha comprado umas castanhas para trazer pra casa e ele tirou. Achou outras coisinhas que tínhamos catado pelo caminho e tirou também. Ameaçou passar uma multa e tudo... Achamos desnecessária a atitude dele, foi bastante grosseiro e prepotente. Depois é que nos lembramos que havíamos comprado as castanhas em Villarica, no Chile. Sério, a "cara" dele ficou gravada na minha mente. Estragou o resto do dia para mim. Depois fiquei pensando, deveria ter trazido aquele pedaço de gelo junto... ele ia pirar!





É incrível, mas eles cultivam uvas aqui...




Chegando em La Serena



A parte antiga da cidade apresenta uma arquitetura única no país, começando por ser a maior Zona Típica do Chile, além de ser a zona de preservação arquitetônica e histórica dentro de uma zona urbana. Destacam suas igrejas com belos modelos de campanários, ganhando-se o título de “Cidade dos campanários”.



Jardim Japonês...


















Depois de uma paradinha na saída da cidade para almoçar, seguimos para Copiapó...








A rodovia é ótima!



Paradinha para hidratar... Será que a motoca está suja?!?!









Chegando em Copiapó...


Copiapó é uma comuna da província de Copiapó, localizada na Região de Atacama, Chile.
Capital da terceira região, a cidade está no vale do rio Copiapó e é o principal centro urbano com uma importante atividade mineira e agrícola, que exporta uva aos mercados orientais, norte-americanos e europeus. Copiapó é uma cidade que tem monumentos nacionais e uma importante história que lembra o auge de Chañarcillo com a explotação de ouro e prata.

A cidade ficou mundialmente conhecida pelo Acidente na mina San José em 2010 
(Filme: Os 33).





Depois de encontrar o hotel, caminhamos pela cidade para conhecer um pouco  e comprar suprimentos.

 





Sem dúvidas este dia foi espetacular!!! O Paso de Agua Negra foi um dos mais lindos que já vimos. A subida do lado argentino estava tranquila, mas a descida, no lado chileno, foi bastante difícil. Muita obra no caminho, muita brita 'fofa'... o marido foi "braço" rsrs... literalmente. Quando fomos parados na descida, devido a máquinas na pista, um dos operários nos disse que um motociclista, que vinha do Chile, tinha caído, mas acredito que não tenha sido grave. Apesar de  algumas derrapadas e de muitos sustos... valeu muito a pena!

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=ClqWqSrMrZo&t=5s


Até a próxima!



Pernoite em Copiapó - Hotel Aura: US$ 50 dólares com café da manhã (café com leite, pão, presunto e queijo)


Nenhum comentário:

Postar um comentário